Quarta-feira, 29 de Julho de 2009

Dolorosa lição

 

 
Perguntei a um miudinho,
Com quem cruzei no caminho
Sentado numa pedrinha,
Que ao ver-me aproximar,
Seu rosto quis ocultar,
Limpando uma lagrimazinha.
 
Porque choras, criancinha?
Que fazes aqui sozinha,
Debaixo deste calor?
Eu vivo na amargura
E na minha desventura,
Hoje grito a minha dor.
 
Aquele que ali vai,
Faz as vezes de meu pai,
O meu morreu, eu não queria.
Este veio-me espancar,
Só porque me viu beijar,
A sua fotografia.
 
Mas eu trago-a sempre comigo,
Era o meu melhor amigo
E a guerra assim o quis.
Deixou-me desamparado,
Com um padrasto malvado,
Que me faz tão infeliz.
 
Diz-me sempre que sou feio,
Que sou filho do alheio,
Dói muito viver assim.
Sempre que rezo a Jesus,
Eu sinto que sai da cruz
E fica junto de mim.
 
Eu já só pensava agir
E o padrasto agredir,
Mas o petiz com sensatez,
Diz: - Não o queria condenar
Por ele me maltratar.
- Não faça o mal que ele me fez.
 
Minha mãe sempre me amou,
Mas agora ela mudou,
Não quer saber mais de mim.
Mas eu vou sempre amar
 E vou sempre perdoar,
Maltratado mesmo assim.
 
Eu descobri nesse dia
E para minha alegria,
Nunca mais que me esqueceu.
Porque entendi que afinal,
Não foi para fazer o mal,
Que Casimiro nasceu.
 
Ao ver que o compreendi,
Olha para mim e sorri,
Como um girassol abrindo.
Tocou-me o coração
E eu disse com emoção,
És lindo menino, és lindo.
(Retirado do meu livro "SUSPIROS")
Casimiro Costa
publicado por casimirocosta às 15:01

link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De Fisga a 29 de Julho de 2009 às 16:46
Olá amigo Casimiro. Isto sim é poesia. e vale a pena gastar uns minutos a ler, Eu tomei a liberdade de adicionar aos meus favoritos, porque acho que é muito bom o seu poema. Parabéns. Um Abraço. Eduardo.
De casimirocosta a 29 de Julho de 2009 às 18:56
Olá amigo Eduardo,muito obrigado pelas suas palavras este faz parte do meu livro.
Eu tenho este blog á tres anos mas pouca gente o conhecia, aqui está quase todo o livro, mas ninguém leu.Vou postar tudo de novo.
Um abraço
Casimiro Costa
De Fisga a 29 de Julho de 2009 às 19:29
Olá amigo Casimiro. Pois é assim infelizmente, a poesia não tem um grande mercado no nosso país. Eu devo ser uma aberração da Natureza, pois sempre gostei muito da poesia, e dos muitos livros que já li. guardo alguns como relíquias. Se em alguma coisa Portugal é rico e não é valorizado, é em poesia prata da casa. Amigo Casimiro. Um abraço Eduardo.
De TiBéu ( Isa) a 29 de Julho de 2009 às 17:50
Gostei muito deste blog. parabens
De casimirocosta a 29 de Julho de 2009 às 19:01
Muito obrigado
Seja benvinda
Um abraço
Casimiro Costa
De casimirocosta a 30 de Julho de 2009 às 09:36
Muito obrigado, fico sempre contente quando as pessoas me dizem que gostam do que escrevi
Um abraço
Casimiro Costa
De linhaseletras a 29 de Julho de 2009 às 22:17
Boa noite, como deve calcular eu já li este bonito poema, muito triste mas infelizmente muito verdadeiro , mas é sempre bom ler de novo.
Gostei muito, até amanhã
De casimirocosta a 30 de Julho de 2009 às 09:29
Bom dia amiga.
É verdade que já leu,mas a grande maioria das pessoas não leu o meu livro e como eu não ando com cabeça para nada coloquei este.
Muito obrigado
Um abraço
Casimiro Costa
De Catarina Portela a 30 de Julho de 2009 às 14:42
Este era um dos meus poemas preferidos...
do teu livro... Adoro a forma como falas das criança.
Adoro sentir o coração apertado ao ler-te...

Como é bom Casimiro...como é bom...

Beijinhos
De casimirocosta a 30 de Julho de 2009 às 17:40
É muita sinpatia da tua parte, muito obrigado, Catarina.
Um abraço
Casimiro Costa
De rosafogo a 3 de Agosto de 2009 às 00:25
Já li não apenas uma só vez, mas agora li de novo.
Dou por mim a pensar o porque de gostar tanto de poesia!
Aqui ao meu redor, entre os familiares apenas uma filha, entre os amigos de trabalho não conheço nem um, quero com isto dizer que amo a poesia sem ter sido entusiasmada por ninguém, nem sou acarinhada como escritora de poesia, só pelos amigos que como eu comungam deste prazer, deste gosto quem sabe desta loucura.
Amigo o poema está lindo, não importa que o partilhe
outra vez, como vê há sempre novos leitores.
um abraço da amiga natalia

E desculpe se me alonguei, fique bem.
De poetaporkedeusker a 6 de Agosto de 2009 às 16:36
Espero que esteja de férias, meu amigo. A alteração no ritmo da publicação fez-me deduzir que pudesse estar de férias.
Um grande abraço!
De casimirocosta a 6 de Agosto de 2009 às 18:17
Olá minha amiga
Não estou de férias, pelo contrario estou com demasiado trabalho no meu restaurante felizmente!
Não tenho cabeça para nada, estou esgotado,férias só no dia vinte e um de Setembro.
Desculpe não ter feito comentarios mas ler leio tudo
e sabe que eu gosto muito dos seus trabalhos
Um abraço grande
Casimiro Costa
De poetaporkedeusker a 7 de Agosto de 2009 às 16:28
Ainda bem que assim é, meu amigo! é um excelente sinal ter um restaurante cheio de gente!
Tenha um bom fim de semana e tente arranjar uns momentinhos para descansar!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Meu povo irmão

. Momentos

. Um abraço á Madeira

. Dia dos namorados

. 30 anos bodas de pérola

. Pelo Haiti

. Grito

. O mais forte amor do mund...

. A todos bom Natal

. Em jeito de fado

. Prémio para os meus AMIGO...

. Poesia ou melodia?

. Peço perdão

. Sentidos da vida

. Obrigado amiga

. O papel é meu amigo

. MAL AMADO

. Criança é amor

. Obrigado Madeira

. ...

. Férias do 13 ao 30

. Um convite aos meus amigo...

. Minha filha

. Dolorosa lição

. USA O CORAÇÃO

. Sensibilidade após Abril

. Corre sempre atrás dos so...

. Homenagem a meus pais

. Meus amigos

. PORQUE GOSTO DE VÓS

. Criancinha de ninguém

. Queria sorrir

. Medo

. Retalhos da minha vida

. O POETA

. ...

. ...

. Só não vos quero perder

. Hora de nostalgia

. Porque choro?

. Saudade

. Minha netinha

. APRESENTAÇÃO

. Mulher

. O invejoso

. O meu pai foi calceteiro

. A vida e a saudade

. Perdi meu PAI

. Pureza inocente

. Desilusão

.arquivos

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Outubro 2008

. Junho 2007

. Julho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.tags

. todas as tags

.favorito

. Perdi meu PAI

. A vida e a saudade

. Marcas da vida

. É tão bom ser teu avô

. Adeus campeão

. Se eu pudesse

. Nó na garganta

. Um bom filho

. Mamã coragem

.Amigos online

.Contador Visitas

Moveis
Contador de visitas grátis
DESDE 07-05-2009


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

.subscrever feeds