Quinta-feira, 6 de Agosto de 2009

Minha filha

 

 

Quero dar-te os parabéns,

Por mais um ano que tens.

Sou pai de uma boa filha,

Explicar não sou capaz,

Mas sei que quando não estás,

Até o sol já não brilha.

 

 

Fugi sempre de escrever

E de alguns versos fazer,

Para ti ou teu irmão.

Sois meu jardim, minhas rosas,

Tão frágeis e melindrosas,

No meu pobre coração.

 

 

Eu escrevo por paixão,

Mas sabes que o coração,

Fes-me aos olhos testamento.

Se de quem amo falar,

Sou obrigado a chorar,

Como estou neste momento.

 

 

Se algum dia falhei contigo,

Foi só por ser teu amigo

E em desculpas me desfaço.

Pois do bem que o mundo tem,

Não trocava com ninguém,

O sabor dum teu abraço.

 

 

( este poema foi retirado do meu livro " SUSPIROS")

 

Casimiro Costa

publicado por casimirocosta às 19:37

link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De rosafogo a 6 de Agosto de 2009 às 22:18
Olá Casimiro

Mais uma poesia que me comoveu ao ler o seu livro.
Os filhos são pedras preciosas, por quem nos preocupamos desde que nascem e são uma preocupação constante.
Muito bonito este poema parabéns A partilha é sempre agradável, gostei de lê-lo aqui ao som da sua música melodiosa.

abraço, fque bem
sua amiga natália
De casimirocosta a 7 de Agosto de 2009 às 08:38
Muito obrigado amiga Natalia pelas suas palavras,é sempre muito amável.
Um abraço
Casimiro Costa
De linhaseletras a 7 de Agosto de 2009 às 14:01
Boa tarde, lindo este seu Poema, os filhos e o Amor que temos por eles são o melhor tema para escrever, e emociona sempre.
Um bom fim de semana
De casimirocosta a 7 de Agosto de 2009 às 19:30
Obrigado amiga
Os filhos serão sempre o tema mais delicado para mim, tal como a minha netinha e que ás vezes me sabe tão bem chorar por eles.
Bom fim de semana
Casimiro Costa
De Fisga a 7 de Agosto de 2009 às 16:04
Olá amiga Casimiro. Estou de veras sensibilizado com o poema feito á sua filha, presumo. Está fenomenal, é uma demonstração de carinho sem par. Ela deve estar orgulhosa do pai que tem. já agora daqui mando também os parabéns para ela e que seja tão feliz pela longa vida que lhe desejo, como eu desejo para mim. Muitos parabéns para quem hoje é pequenina. Um grane abraço, para os dois, pai e filha, deste amigo Eduardo.
De casimirocosta a 7 de Agosto de 2009 às 19:23
Meu caro amigo, muito obrigado pelas suas palavras, sempre tão amaveis.
Minha filha tem vinte e seis anos e já me deu uma netinha que tem quatro, meu filho faz vinte e oito mas é solteiro.
AMIGO, tal como já fiz, com outros amigos comuns , gostaria de lhe oferecer o meu livro.
Diga-me qual o endereço para onde o devo enviar, será um prazer.
Um abraço
Casimiro Costa
De Fisga a 9 de Agosto de 2009 às 11:45
Olá meu caro amigo Casimiro. Quanto aos filhos. Só lhe desejo que eles lhe vão dando tantas alegrias pela vida fora como eu desejo que os meus me dêem a mim. Os meus são um pouquito mais velho. Tenho uma rapariga com 49 anos e um rapaz com 43. Nenhum deles tem filhos. Quanto ao seu livro. Eu agradeço-lhe imenso a sua oferta e vou mandar-lhe o meu endereço postal, com muito prazer, falta-me o seu e-mail Para lhe o mandar. Mas não se esqueça que a melhor forma para não se perder uma encomenda postal, é enviada à cobrança, e sem registo nem nada. Alem de eu não querer que vá gastar dinheiro em portes de correio para me oferecer o livro. Um grande abraço deste amigo que lhe deseja as maiores venturas pela vida fora para ver os netinhos crescerem com saúde e alegria. Eduardo.
De casimirocosta a 9 de Agosto de 2009 às 19:33
Amigo, o meu endereço é!-casimirocosta@sapo.pt
Um abraço
Casimiro Costa
De Fisga a 10 de Agosto de 2009 às 12:12
Ok. Meu grande amigo Casimiro. Ele aí vai já de caminho e muito obrigado pela sua atenção. Um grande abraço. Eduardo Gonçalves.
De poetaporkedeusker a 10 de Agosto de 2009 às 17:38
É curioso, meu amigo... os poemas têm "sabores" diferentes quando lidos no blog. Talvez seja por nos fazerem sentir mais próximos da pessoa que está do outro lado. O certo é que eu continuo a achar que a blogosfera é um meio ideal para a poesia!
Um grande abraço!
De casimirocosta a 10 de Agosto de 2009 às 18:46
É verdade, e não calcula a pena que tenho, em ter tido este blog, 3 anos sem procurar qualquer amigo.
Eu sei que ninguém vai ler os arquivos de 2006-7-8
Apetece-me postar tudo de novo.
Que me diz?Amiga.
Casimiro Costa
De poetaporkedeusker a 11 de Agosto de 2009 às 11:45
Eu adoraria poder prometer-lhe que iria fazê-lo, mas sei que não vou conseguir... já me vejo aflita para manter estes meus em dia... talvez não fosse má ideia publicá-los de novo, mas talvez pudesse mencionar que é uma republicação da postagem original... olhe, apanhou-me de surpresa. Faça o que o coração lhe pedir.
um grande abraço.
De casimirocosta a 11 de Agosto de 2009 às 13:06
Amiga João, longe da minha ideia estar a pedir-lhe tál favor, eu só queria a sua opinião se deveria ou não voltar a postar tudo de novo.
Eu fálo melhor de que escrevo, peço desculpa por não me saber explicar.Um abraço
Casimiro Costa
De poetaporkedeusker a 11 de Agosto de 2009 às 13:59
Meu amigo, eu é que sou uma palerma a descodificar as coisas! E a transmiti-las também, pelos vistos... :)
eu não pus a hipótese de ser eu a publicar as suas poesias. Quando disse que gostaria muito de ter tempo, seria para ir ler os arquivos do seu blog e não para publicá-los... a asneira é toda minha. Não me soube explicar bem.
Abraço grande!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Meu povo irmão

. Momentos

. Um abraço á Madeira

. Dia dos namorados

. 30 anos bodas de pérola

. Pelo Haiti

. Grito

. O mais forte amor do mund...

. A todos bom Natal

. Em jeito de fado

. Prémio para os meus AMIGO...

. Poesia ou melodia?

. Peço perdão

. Sentidos da vida

. Obrigado amiga

. O papel é meu amigo

. MAL AMADO

. Criança é amor

. Obrigado Madeira

. ...

. Férias do 13 ao 30

. Um convite aos meus amigo...

. Minha filha

. Dolorosa lição

. USA O CORAÇÃO

. Sensibilidade após Abril

. Corre sempre atrás dos so...

. Homenagem a meus pais

. Meus amigos

. PORQUE GOSTO DE VÓS

. Criancinha de ninguém

. Queria sorrir

. Medo

. Retalhos da minha vida

. O POETA

. ...

. ...

. Só não vos quero perder

. Hora de nostalgia

. Porque choro?

. Saudade

. Minha netinha

. APRESENTAÇÃO

. Mulher

. O invejoso

. O meu pai foi calceteiro

. A vida e a saudade

. Perdi meu PAI

. Pureza inocente

. Desilusão

.arquivos

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Outubro 2008

. Junho 2007

. Julho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.tags

. todas as tags

.favorito

. Perdi meu PAI

. A vida e a saudade

. Marcas da vida

. É tão bom ser teu avô

. Adeus campeão

. Se eu pudesse

. Nó na garganta

. Um bom filho

. Mamã coragem

.Amigos online

.Contador Visitas

Moveis
Contador de visitas grátis
DESDE 07-05-2009


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

.subscrever feeds