Terça-feira, 29 de Dezembro de 2009

O mais forte amor do mundo

Tentava fazer por bem,
O coração de uma mãe,
Que a seu filho dizia:
- Não faças coisas à toa,
Essa mulher não é boa,
Para tua companhia.
 
Mas ele que tanto a queria
E só essa moça via,
Logo tudo lhe contou.
E essa mulher de má vida,
Com raiva enfurecida,
Que a matasse lhe ordenou.
 
Esse rapaz sem valor,
Para lhe provar seu amor,
Em casa da mãe entrava.
E com a faca que a mãe cortou
O pão com que o criou,
O desgraçado a matava.
 
Num acto de malvadez
E com grande rapidez,
O coração lhe tirou,
Sem pensar que em sua mão,
Tinha agora o coração,
Que toda a vida o amou.
 
Para provar que a amava,
Foi mostrá-lo à sua amada,
Pelo caminho tropeçou.
E ao cair muito aflito,
De repente deu um grito,
O coração lhe falou.
 
Provando que o amor é forte,
Ultrapassa mesmo a morte,
Falou em tom preocupado:
- Assustar-te não queria…
E o coração lhe dizia:
- Meu filho, estás magoado?


                                                            Casimiro Costa

Reeditado do meu livro " Suspiros "

publicado por casimirocosta às 11:38

link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De Fisga a 6 de Janeiro de 2010 às 14:43
Olá amigo Casimiro Costa. Antes do mais, daqui lhe envio o meu desejo, de um bom ano de 2010. Para si e para todos os que de algum modo, lhe sejam queridos. Quanto ao seu post. Parabéns por ter mais uma x publicado, este poema, que já me é familiar, graças a si, como sabe. Mas é sempre um prazer, voltar a ler esta poesia, bem assim como tantas outras por si publicadas. Gostei muito obrigado. Um forte abraço deste amigo. Eduardo.
De casimirocosta a 7 de Janeiro de 2010 às 08:51
Olá meu querido amigo Eduardo
Um bom ano tambem para si.
Amigo eu estou meio parado porque não estou bem.
Ando triste e deprimido, com grande instabilidade emocional.
Quando for capaz de voltar voltarei, espero que breve.
Um grande abraço meu amigo e obrigado pela sua presença.
Casimiro Costa
De Fisga a 10 de Janeiro de 2010 às 17:35
Olá meu grande amigo Casimiro. Lamento muito que tenha também sido abalroado, pelos castigos da vida, que por vezes é tão cruel e traiçoeira. Mas tenha esperança, que o tempo tudo cura, no mínimo, abranda. Espero vê-lo em breve, No sou pleno optimismo. Quanto ao vir ou não, é o menos importante por agora. Um grande abraço, com desejos de que tudo corra rápido e sempre pelo melhor. Eduardo.
De poetaporkedeusker a 7 de Janeiro de 2010 às 16:24
Venho apenas dizer-lhe que desejo, do fundo do coração, que se encontre melhor e que o novo ano lhe possa trazer muita PAZ, SAÚDE, AMOR e CRIATIVIDADE!
Um grande abraço!
De casimirocosta a 8 de Janeiro de 2010 às 12:20
Minha querida amiga, não estou melhor, mas é tão bom ver que os meus amigos não se esquecem de mim!
Muito obrigado Maria João, tenha a minha amiga também um bom ano de 2010.
Vou tentar postar um soneto que ofereço a si e ao nosso amigo Fisga.
Adoro-vos!
Casimiro Costa
De soniacoimbra26 a 18 de Março de 2010 às 00:29
Este poema é sem duvida para ficar sem palavras...
Toca no coraçao de quem ama..Um abraço amigo voce sem duvida tem uma grande prova de que o tempo mais antigo para esta joventude como eu ainda nao terminou,ficaram suas palavras gravadas em meu penssamento...poema lindo... mas....
Palavras para que..beijo Sonia
De casimirocosta a 18 de Março de 2010 às 08:51
Minha amiga, muito obrigado pelas tuas palavras, são estes comentarios, que me fazem continuar.
Fico muito feliz por teres gostado e também por te ter como amiga!
Um abraço.
Casimiro Costa
De Ailton a 2 de Janeiro de 2011 às 04:13
Gostei imenso deste site. Esta é a minha primeira descoberta deste ano. Parabéns ao Sr. Casimiro Costa pelos seus poemas. Adoro poesias. FELIZ ANO 2011, CHEIO DE SUCESSO, AMOR, FELICIDADE, MUITA SAÚDE E PAZ E MUITA POESIA!
De casimirocosta a 2 de Janeiro de 2011 às 09:58
Muito obrigado, fico feliz por ter gostado!
Deus o abençoe e o bride com um ano cheio de felicidade.
Um abraço
Casimiro Costa

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Meu povo irmão

. Momentos

. Um abraço á Madeira

. Dia dos namorados

. 30 anos bodas de pérola

. Pelo Haiti

. Grito

. O mais forte amor do mund...

. A todos bom Natal

. Em jeito de fado

. Prémio para os meus AMIGO...

. Poesia ou melodia?

. Peço perdão

. Sentidos da vida

. Obrigado amiga

. O papel é meu amigo

. MAL AMADO

. Criança é amor

. Obrigado Madeira

. ...

. Férias do 13 ao 30

. Um convite aos meus amigo...

. Minha filha

. Dolorosa lição

. USA O CORAÇÃO

. Sensibilidade após Abril

. Corre sempre atrás dos so...

. Homenagem a meus pais

. Meus amigos

. PORQUE GOSTO DE VÓS

. Criancinha de ninguém

. Queria sorrir

. Medo

. Retalhos da minha vida

. O POETA

. ...

. ...

. Só não vos quero perder

. Hora de nostalgia

. Porque choro?

. Saudade

. Minha netinha

. APRESENTAÇÃO

. Mulher

. O invejoso

. O meu pai foi calceteiro

. A vida e a saudade

. Perdi meu PAI

. Pureza inocente

. Desilusão

.arquivos

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Outubro 2008

. Junho 2007

. Julho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.tags

. todas as tags

.favorito

. Perdi meu PAI

. A vida e a saudade

. Marcas da vida

. É tão bom ser teu avô

. Adeus campeão

. Se eu pudesse

. Nó na garganta

. Um bom filho

. Mamã coragem

.Amigos online

.Contador Visitas

Moveis
Contador de visitas grátis
DESDE 07-05-2009


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

.subscrever feeds