Quinta-feira, 28 de Maio de 2009

Saudade

 

 
 

 

Faz dois anos que partiste
Como vês ainda estou triste
Estás com DEUS eu sei que sim
Tu nunca me abandonaste
No meu coração ficaste
Bem vivo dentro de mim
 
Eu tenho uma companheira
Que me acompanha a vida inteira
Mas não o faz por maldade
Eu até a julgo bela
Queres saber o nome dela?
Paizinho é a saudade
 
 
 
CASIMIRO COSTA

 

 

publicado por casimirocosta às 10:58

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 26 de Maio de 2009

Minha netinha

 

 
Sou pobre por geração
Mas rico de coração
E dos palpites que ele tinha
Sentia muita nobreza
E hoje minha riqueza
É minha linda netinha
 
Tens as feições duma santa
Tua beleza me encanta
Só quem ama me entende
Eu sei que temos um laço
Quando te dou um abraço
E sinto que a ti me prende
 
Eu por ti tudo faria
A vida em risco poria
Para não te ver chorar
Mas ao ter-te nos meus braços
Dou-te beijos e abraços
E fico eu a soluçar
 
 
 
Casimiro costa
publicado por casimirocosta às 09:58

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 15 de Maio de 2009

APRESENTAÇÃO

"Deus quer, o homem pensa, a obra nasce". Escrevia, assim, objectivamente Fernando Pessoa. Uma frase expressiva que muito bem se pode enquadrar neste livro. Trata-se da primeira obra poética de Casimiro Costa. É a sua primeira "criança" literária.

Para mim, apresentar este livro é uma honra muito grande mas, ao mesmo tempo, uma responsabilidade acrescida. E digo isto porque sinto-me "culpado" pelo desafio que lancei ao amigo Casimiro em publicar este livro, intitulado "Suspiros".
Aliás, o título é feliz e oportuno na medida em que o conteúdo do livro está bem recheado de pequenos "Suspiros" que Casimiro Costa foi dando ao longo da sua vida, particularmente nos últimos dois anos com o desaparecimento do seu pai - Soares da Costa, também ele um poeta nato.
A ideia de baptizar a obra de "Suspiros" é muito interessante e coerente na medida em que vai de encontro aos vários momentos sentimentais e de refúgio do autor.

Falar de Casimiro Costa é falar de um homem simples, reservado, uma educação indubitável, vertida na sua maneira de ser. Casimiro Costa é uma pessoa repleta de valores humanos. A experiência da vida deu-lhe mestria e ensinamentos. Soube sempre ultrapassar as adversidades da vida.
O autor deste livro vive as Coisas com muita intensidade. Aliás, na minha opinião, característica dos poetas genuínos. E essas Coisas que vos falo não são Coisas quaisquer. São, na verdade, Pessoas. São Pessoas que muito dizem ao autor. Pessoas que o rodeiam e que a Ele estão ligadas. Umbilicalmente!

Casimiro Costa retrata nos seus poemas aquilo que lhe vai na alma e, simultaneamente, refugia-se no seu cantinho, debitando  para o papel, ou para o computador, aquilo que sente. A maior parte das vezes sente um misto de carinho, nostalgia, saudade. Sei-o porque Casimiro Costa partilha muitas vezes esses "desabafos" comigo. O sentimento de perda do seu pai vai-lhe "roubando" um pouco do ar que respira. Casimiro Costa quer, através desta obra, homenagear o seu Pai. Feliz ideia, amigo Casimiro.
Congratulo-me por me associar a este seu primeiro livro. E espero que este seja o primeiro - não de muitos mas de alguns.

| Victor Diegues |

Professor e Director do Jornal Notícias de Barroselas



 Os poemas que abaixo pode ler e muitos outro estão publicados no meu livro "SUSPIROS"  publicado a 22-11-2008,quem estiver intereçado em ter esta obra pode enviar-me um email para o meu endereço casimirocosta@sapo.pt o valor do livro são 9€ (mais portes de envio) e 10% desse valor reverte para a instituição de solidariedade O BERÇO de Viana do Castelo.
Uma excelente prenda para quem goste de poesia com sentimento.
Tel. de cont. 961127510 ou 910541111
 
 
Boa leitura                                                      CASIMIRO COSTA                   
publicado por casimirocosta às 10:53

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Mulher

Ser Mulher é lindo.

É ternura,

É prazer,

É o sol descobrindo,

Ao amanhecer.

Ser Mulher é lindo.

É carinho,

É beleza,

É uma obra-prima

Da mãe-natureza.

Ser Mulher é lindo.

É ser mãe,

É calor,

É com toda a certeza,

O maior amor.

Ser Mulher é lindo.

Doçura,

Saber

E porque a adoro,

No meu entender,

Ser Mulher é lindo,

P´ra quem sabe ser.

publicado por casimirocosta às 10:44

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 12 de Maio de 2009

O invejoso

 

  

Há gente muito empenhada
Ver outros ficar na míngua
Que morreria envenenada
Se morde-se a sua língua
 
Põe-me triste o invejoso
Que por não ser corajoso
Faz da vida uma miragem
Em vez do teu mal dizer
Pensa algo por ti fazer
Entre o medo e a coragem
 
Sabes bem que não consegues
E por isso me persegues
Não  mereces meu respeito
A energia de que abdicas
Enquanto os outros criticas
Usa-a mais em teu proveito
  
Se invejares o meu viver
Tudo que deves fazer
É lutar tal como eu
Mas invejoso não é capaz
E eu deixo-o para traz
Com o dom que Deus me deu
 
Tens a mania que és um ás
Mas o que faço não és capaz
Mesmo que te vejas artista
Estás a muitos anos luz
Com a cegueira que te conduz
Deixo-te a perder de vista
publicado por casimirocosta às 10:28

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Meu povo irmão

. Momentos

. Um abraço á Madeira

. Dia dos namorados

. 30 anos bodas de pérola

. Pelo Haiti

. Grito

. O mais forte amor do mund...

. A todos bom Natal

. Em jeito de fado

. Prémio para os meus AMIGO...

. Poesia ou melodia?

. Peço perdão

. Sentidos da vida

. Obrigado amiga

. O papel é meu amigo

. MAL AMADO

. Criança é amor

. Obrigado Madeira

. ...

. Férias do 13 ao 30

. Um convite aos meus amigo...

. Minha filha

. Dolorosa lição

. USA O CORAÇÃO

. Sensibilidade após Abril

. Corre sempre atrás dos so...

. Homenagem a meus pais

. Meus amigos

. PORQUE GOSTO DE VÓS

. Criancinha de ninguém

. Queria sorrir

. Medo

. Retalhos da minha vida

. O POETA

. ...

. ...

. Só não vos quero perder

. Hora de nostalgia

. Porque choro?

. Saudade

. Minha netinha

. APRESENTAÇÃO

. Mulher

. O invejoso

. O meu pai foi calceteiro

. A vida e a saudade

. Perdi meu PAI

. Pureza inocente

. Desilusão

.arquivos

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Outubro 2008

. Junho 2007

. Julho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.tags

. todas as tags

.favorito

. Perdi meu PAI

. A vida e a saudade

. Marcas da vida

. É tão bom ser teu avô

. Adeus campeão

. Se eu pudesse

. Nó na garganta

. Um bom filho

. Mamã coragem

DESDE 07-05-2009

.subscrever feeds