Quarta-feira, 29 de Julho de 2009

Dolorosa lição

 

 
Perguntei a um miudinho,
Com quem cruzei no caminho
Sentado numa pedrinha,
Que ao ver-me aproximar,
Seu rosto quis ocultar,
Limpando uma lagrimazinha.
 
Porque choras, criancinha?
Que fazes aqui sozinha,
Debaixo deste calor?
Eu vivo na amargura
E na minha desventura,
Hoje grito a minha dor.
 
Aquele que ali vai,
Faz as vezes de meu pai,
O meu morreu, eu não queria.
Este veio-me espancar,
Só porque me viu beijar,
A sua fotografia.
 
Mas eu trago-a sempre comigo,
Era o meu melhor amigo
E a guerra assim o quis.
Deixou-me desamparado,
Com um padrasto malvado,
Que me faz tão infeliz.
 
Diz-me sempre que sou feio,
Que sou filho do alheio,
Dói muito viver assim.
Sempre que rezo a Jesus,
Eu sinto que sai da cruz
E fica junto de mim.
 
Eu já só pensava agir
E o padrasto agredir,
Mas o petiz com sensatez,
Diz: - Não o queria condenar
Por ele me maltratar.
- Não faça o mal que ele me fez.
 
Minha mãe sempre me amou,
Mas agora ela mudou,
Não quer saber mais de mim.
Mas eu vou sempre amar
 E vou sempre perdoar,
Maltratado mesmo assim.
 
Eu descobri nesse dia
E para minha alegria,
Nunca mais que me esqueceu.
Porque entendi que afinal,
Não foi para fazer o mal,
Que Casimiro nasceu.
 
Ao ver que o compreendi,
Olha para mim e sorri,
Como um girassol abrindo.
Tocou-me o coração
E eu disse com emoção,
És lindo menino, és lindo.
(Retirado do meu livro "SUSPIROS")
Casimiro Costa
publicado por casimirocosta às 15:01

link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
Terça-feira, 21 de Julho de 2009

USA O CORAÇÃO

Tu, que só vives da maldade,
Faz uma breve, reflexão,
Abre um pouco, teu coração,
E vem conhecer a bondade.
 
É linda! Verás que é linda,
E, mavioso, te irá tornar,
Depois do coração se depurar,
Vais ver, o quão feliz serás ainda.
 
Felicidade, que deverás repartir,
Porque, também te sentirás, com mais valor,
Garanto-te companheiro, agora, aqui,
 
Que alegria, tu agora, vais sentir,
E o mundo, conhecerá teu amor,
Se nunca mais, o guardares só para ti.

 

 

 

 

CASIMIRO COSTA

publicado por casimirocosta às 14:42

link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito
Terça-feira, 14 de Julho de 2009

Sensibilidade após Abril

Tu, que tantos, tantos anos estudaste,
Mas, no fundo, muito pouco aprendeste,
Um dia, um canudo, tu ganhaste,
E a seguir, de quase tudo, esqueceste,
 
Onde, está essa tua desenvoltura?
Onde e como, aplicas a tua moral?
Que nosso povo, á tanto tempo procura,
Nos homens, que governam Portugal.
 
Trinta e cinco anos se passaram,
Faltou a sensibilidade, aos ditos nobres,
Para atingir, com Portugal, as suas metas,
 
Eu sei que, algumas coisas, melhoraram,
Fizeram alguns ricos e muitos pobres,
Sensato, era o país, governado pelos poetas.
 
 
                                                                                                                         CASIMIRO COSTA
publicado por casimirocosta às 10:37

link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Sexta-feira, 10 de Julho de 2009

Corre sempre atrás dos sonhos

Desce vales, sobe montes,
Vai onde o sonho te levou,
Mata a sede, nas tuas fontes,
Nas que o destino não secou.
 
Mas com tua contumácia,
Mostra-te um ser denodado,
Perseguindo com eficácia,
Qual denodo desejado.
 
E quando pensares, já ter tudo,
E em ti não veres defeito,
Terás que depreender,
 
Que foste na vida um sortudo,
Por pensares ter tudo feito,
Tu tens tanto por fazer!
 
                                                   CASIMIRO COSTA
publicado por casimirocosta às 19:33

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Terça-feira, 7 de Julho de 2009

Homenagem a meus pais

 

 
Benditas entranhas
Que me deram vida,
Em hora de esperança,
Em hora sofrida.
Benditas as mãos
Que me deram pão,
Que estão já cansadas,
Por boa razão.
Criaram seis filhos
E um deles sou,
Mais dois haveria,
Mas Deus os levou.
Sei que estão no céu,
Por vós a pedir,
A paz desta vida
E da que há-de vir.
Mereceis todo o bem,
Todo o céu imenso
E mais as palavras,
Que deixo em suspenso.
No ar dando voltas,
Pela imensidão,
Pesadas de culpa,
Pedindo perdão.
Também fiz sofrer,
Também causei dor,
Sou filho de Deus,
Mas sou pecador.
Que isto vos dê,
Valor e coragem,
Por tanto vos querer,
Vos faço homenagem.


                                                                   Casimiro costa

 

 

(Retirado do meu livro Suspiros)

publicado por casimirocosta às 10:08

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Quinta-feira, 2 de Julho de 2009

Meus amigos

 

 
A amizade é um dom, quando sincera,
Quando é dada, por um verdadeiro amigo,
É flor, com perfumes de primavera,
Quando a sinto ser dividida comigo.
 
Ler comentários, que valorizo e não desdenho,
Cada um, tão importante, que vale ouro,
Como é lindo, ter amigos, como eu tenho,
Meu amigo, para mim, é meu tesouro.
 
Está no meu âmago, o valor da amizade,
Sem diferença na cor, no sexo, ou na idade,
Guardo sempre, com carinho e emoção,
 
Todo amigo, que sinto que o é e admiro,
Acompanha, noite e dia o CASIMIRO,
Numa caixinha, que chamamos coração.
 
 
                                       CASIMIRO COSTA
publicado por casimirocosta às 08:39

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Meu povo irmão

. Momentos

. Um abraço á Madeira

. Dia dos namorados

. 30 anos bodas de pérola

. Pelo Haiti

. Grito

. O mais forte amor do mund...

. A todos bom Natal

. Em jeito de fado

. Prémio para os meus AMIGO...

. Poesia ou melodia?

. Peço perdão

. Sentidos da vida

. Obrigado amiga

. O papel é meu amigo

. MAL AMADO

. Criança é amor

. Obrigado Madeira

. ...

. Férias do 13 ao 30

. Um convite aos meus amigo...

. Minha filha

. Dolorosa lição

. USA O CORAÇÃO

. Sensibilidade após Abril

. Corre sempre atrás dos so...

. Homenagem a meus pais

. Meus amigos

. PORQUE GOSTO DE VÓS

. Criancinha de ninguém

. Queria sorrir

. Medo

. Retalhos da minha vida

. O POETA

. ...

. ...

. Só não vos quero perder

. Hora de nostalgia

. Porque choro?

. Saudade

. Minha netinha

. APRESENTAÇÃO

. Mulher

. O invejoso

. O meu pai foi calceteiro

. A vida e a saudade

. Perdi meu PAI

. Pureza inocente

. Desilusão

.arquivos

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Outubro 2008

. Junho 2007

. Julho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.tags

. todas as tags

.favorito

. Perdi meu PAI

. A vida e a saudade

. Marcas da vida

. É tão bom ser teu avô

. Adeus campeão

. Se eu pudesse

. Nó na garganta

. Um bom filho

. Mamã coragem

DESDE 07-05-2009

.subscrever feeds